quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Como virá o meu Natal

A Rosélia nos convida a participar da interação como virá  o meu Natal.
Eu sou nostágilca, fazer o quê. Me transporto lá para a infância onde Natal para mim era uma imensa árvore enfeitada por minha mãe.  Montada, ficaria perto da janela e quem passasse do lado de fora, veria aquela árvore imensa de luzinhas piscantes e enfeites coloridos.
Íamos buscar a árvore,  nas chácaras que circundavam o bairro, onde hoje ficam as marginais do Rio Tietê. (S.P.) Eu segurava a ponta e ela segurava o restante da árvore . Não podia quebrar a ponta, e assim voltávamos para casa, com as pernas arranhadas  pelo pinheiro. Era um sacrifício válido. 
Então,  ela enfeitava uma lata de tinta que tinha 10 litros com papel  decorado e plantava a árvore. Regava diariamente. Dizia: a árvore pegou. Como assim, eu pensava. A árvore de Natal , com raíz, sobreviveria o mês de dezembro todo. E assim começava o ritual de enfeitar. Ela subia numa mesa e pedia que eu entregasse lentamente os enfeites. Não podia quebrar! O primeiro enfeite era uma bicicletinha, e depois bolinhas minúsculas até chegar as bolas maiores. No final, colocava a ponteira , uma estrela com brocal e uns cordões coloridos. Tudo feito nas horas vagas, demorava dias. Para desmontar levaria meses. As crianças me perguntavam por que minha mãe não desmontava a árvore na data certa. Perguntando a ela, não lembro da resposta. A árvore ficava alaranjada (mortinha) e assim o Natal para mim, demorava mais que o normal.
Segundo minha mãe, a tradição dizia que, a árvore de Natal seria enfeitada por sete anos.
Hoje eu rio, mas Natal para mim, era somente aquela árvore. Não tinha ceia, não tinha pesente, não tinha roupa nova. Por longos anos, eu pensava que Natal era assim. Uma linda e morta árvore de Natal. ( desculpa, tá, mas foi verdade!)
Como somos criados, é como seremos na vida.
Eu tenho minhas dificuldades de falar em Natal até hoje, mas depois de casada, celebramos o Natal normalmente, pois aprendi com marido. 
Meu Natal virá de mansinho, despertando em mim, o amor de Cristo, me perdoando, iluminando  e me fazendo feliz. Minha casa, terá  o que as tradições natalinas pedem, mas esse resplandecer que o Natal evoca, essa luz que acende os corações , virá através daquilo do que eu sou . Sem muitos acessórios que me desviem do verdadeiro foco que o Natal representa. 
  

17 comentários:

  1. Zizi, adorei e lenbrei dessa função toda da lata e a árvore "pegar" Eu dava meloral pra ela,rs ...Uma linda trabalheira! Hoje, mudou muito!!! Adorei!

    Aos poucos estou fechando os blogs e por isso

    ¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•

    Meu agradecimento pelos carinhos todos nesse ano e desejos de FELIZ NATAL e lindo, iluminado e com muita garra 2014 ! beijos,chica

    ¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•

    ResponderExcluir
  2. Zizi,

    Achei linda a sua história, mesmo que na sua família a tradição tenha sido cuidar da árvore. Na verdade, a árvore traz em si um significado bem mais rico que somente os enfeites e o tempo que gastamos para decorá-la. Talvez, na simplicidade de sua casa, sua família, de outra forma, tenha ensinado a você a preparar seu coração de uma outra forma, com mais profundidade... É tão bom poder lembrar dos tempos em que a gente é criança e daquilo que vivenciamos em nossas casas nesses períodos festivos, eles nos trazem a lembrança o fato de termos compartilhado coisas tão simples com as pessoas de nossa família, mas que vão marcar o nosso ser para o resto de nossa história, não é verdade?
    Amei ler sobre o seu Natal!
    Abração,

    Drica.

    ResponderExcluir
  3. "Os anjos disseram: Ó Maria! Deus te anuncia- Um Verbo, encarnado d’Ele, anjo novo é o messias, Jesus, Filho de Maria; será ilustre nesta vida e na outra; e estará entre os próximos a Deus.
    Ele falará aos homens, no berço, assim como na maturidade, e estará entre os virtuosos."

    DEUS vem nos visitar, alegremo-nos e n'Ele exultemos!!!

    Olá, querida Zizi
    Que encanto de postagem!!!
    Minha mãe enfeitava um galho seco que meu pai pegava no mato - o que mais tinha ao redor da nossa linda casa no interior)... cobria de papel crepom verde... colocava algodão em cima dos galhos... rs...
    Eu ficava encantada com tudo aquilo...
    Tinha uma linda e saborosa Ceia e almoço familiar no dia 25... com tudo o que na roça era permitido... (longe da cidade grande)...
    Até hoje faço o abacaxi com vinho pois meu pai tinha como tradição... Era tudo bom demais!!!
    Também sou nostálgica, acredita? Herança materna... mas contrabalançada com a família paterna...
    Vivo feliz agora com a 'festança' dos netinhos diante do Papai Noel (Vó Noel) e de tudo que vivemos por aqui (até dançamos entre nós mesmos) ou por lá (um ano vou pro ES e outro vêm pra cá (RJ)...
    Como foi bom seu marido despertar em vc algo maior do que um galho amarelado... rs...
    Cristo mesmo seja o seu Natal, querida ...
    Parabéns pela linda postagem!!!
    Seja abençoada e feliz!!!
    Bjm de paz e bem

    ResponderExcluir
  4. I enjoyed your tree story. A balled pine tree is really heavy with the roots. I do love to decorate a tree each Christmas, the lights are pretty. Wishing you a happy week!

    ResponderExcluir
  5. Muito linda as suas recordações, Zizi! Adorei conhecê-las! Que bom o seu final! É isso aí! Um feliz, santo e abençoado Natal! Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Zizi:
    Uma das melhores participações nessa interação natalina proposta pela Rosélia.
    O significado do natal é muito maior do que as "festas" comerciais.
    Manter acesa a chama da paz e do amor e renovar as esperanças é a essência fundamental dessa data.
    Bjs.:
    Sil

    ResponderExcluir
  7. AH! Esqueci de dizer pra você passar no meu blog, pra ver as fotos dos meus peludos, rsrsrsr.
    Tá nesse link =
    http://meusdevaneiosescritos.blogspot.com.br/2013/12/meus-amorecos-de-4-patas.html
    Bjs.:
    Sil

    ResponderExcluir
  8. Zizi,
    Adorei sua postagem, suas lembranças de Natal,também lembrei dos meus. Incrível nossas memórias, a gente lembra cada detalhe. Que o seu Natal venha muito abençoado!!! Bjs Marli

    ResponderExcluir
  9. Olá Zizi!
    Você me faz acreditar que o Natal é uma data sentida de maneira diferente e íntima por cada pessoa, mas que sempre leva à união... mesmo que seja em torno de uma árvore, que algum dia morreu, mas que um dia "pegou" e permaneceu viva;-)
    Tenho certeza de que seu Natal está com vc e traz alegrias!

    Abração
    Jan

    ResponderExcluir
  10. Oi Zizi
    Que linda sua história apesar de ter um lado meio triste.
    O importante é como você comemora seu Natal agora, e o que ele significa pra você.
    Beijo

    ResponderExcluir
  11. Zizi linda sua história...hj p mim o Natal n tem mais o significado de antes qdo era novinha, hj aqui nessa época sinto falta do brasil da minha familiaentão esse mês n é de imensa alegria p mim, mas como tenho filhos faço esse dia um lindo dia...com bolos, doces um prato diferente....p eles saberem e guardearem em seus coraçoes como um dia especial....

    bjs bjs rose jp

    ResponderExcluir
  12. Zizi, que texto lindo da sua vida.
    Eu amo natal e também me remeto a infância quando meu avô era vivo...

    Eu sou super animada, enfeito a casa, já planejo o cardápio e vivo o espírito de natal.
    É um momento de reflexão, que eu me olho internamente, apontando o que não foi bem e no que quero mudar... Momento de luz e especial para mim.

    Beijos :o)

    ResponderExcluir
  13. Oi Zizi,

    Belíssimo post!
    Acredito que a simplicidade do Natal é que nos faz bem, muito luxo muita gente ofusca o verdadeiro sentido do Natal, que não é somente reunir a família para um banquete e sim festejar o nascimento de Cristo. Muitas vezes em meio a um monte de gente (família) ninguém nem se lembra do que é o Natal.
    Natal na minha casa também foi somente uma árvore, até que me tornei adulta e pude entender o verdadeiro Natal, tento passar isso aos meus filhos hoje.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. E Zizi, hj os tempos são outros. Mas eu tb bemme lembro da pequena arvore de natal frita com um galho seco de goiabeira. Bons tempos aqueles. Mas tudo faz parte da caminhada. Bjs obrigada pelo carinho e Feliz natal cheio de luz e muitas bênçãos de Deus.

    ResponderExcluir
  15. E Zizi, hj os tempos são outros. Mas eu tb bemme lembro da pequena arvore de natal frita com um galho seco de goiabeira. Bons tempos aqueles. Mas tudo faz parte da caminhada. Bjs obrigada pelo carinho e Feliz natal cheio de luz e muitas bênçãos de Deus.

    ResponderExcluir
  16. Olá Zizi,

    Adorei a sua postagem, muito bom relembrar...

    Que o Seu Natal seja Pleno de Amor!!!
    1000 Beijokinhas

    ResponderExcluir

Feliz em te ver aqui!